O sedã premium russo Aurus Senat é apresentado em uma versão a hidrogênio. A novidade foi apresentada pelo instituto NAMI que a desenvolveu na exposição Innoprom que acontece esses dias em Yekaterinburg. A Aurus atualmente produz apenas versões de demonstração e teste deste carro.

«Reserva de marcha – 600 km, tempo de aceleração (até 100 km / h) – 4 segundos ”, dizem os materiais da NAMI sobre este carro. Isto é 2 segundos mais rápido do que a versão a gasolina. De acordo com os dados disponíveis, a versão de hidrogênio do carro usa uma instalação elétrica combinada que combina um acionamento elétrico e um gerador eletroquímico de hidrogênio. Sabe-se também que o hidrogênio Senat terá tração nas quatro rodas, e a capacidade da bateria será de 100 quilowatts-hora. Nos materiais de acompanhamento, nota-se que “a bateria é projetada e fabricada como parte do projeto e inclui um sistema de controle térmico líquido”.

«Atualmente, apenas amostras de demonstração e teste estão sendo produzidas para otimizar a tecnologia, desenvolver padrões e alterar os regulamentos técnicos da Federação Russa em relação ao transporte elétrico e de hidrogênio ”, dizem os materiais da NAMI.

Pela primeira vez, o desenvolvimento de uma versão eletroquímica do Senat ficou conhecido em maio do ano passado. O carro foi apresentado como parte da cerimônia de lançamento da produção em massa do Aurus com motores de combustão interna. Observou-se que naquela época o Senat era o único carro premium que tinha uma amostra em um transportador de hidrogênio.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.