As vendas de carros verdes na China podem triplicar para chegar a 1,7 milhão em 8 meses

zjfmy2myytlln2u2zgq1zgyzywi3njk0mtkxmddjnzy0nznlotfjntkzyzc5yzixyjnjmzblnge0zti4odllzg-3923769

O vice-ministro chinês disse que as vendas de carros com novas fontes de energia na China – o maior mercado automotivo – podem chegar a 1,7 milhão de unidades nos primeiros 8 meses deste ano. É quase um triplo de aumento em relação ao mesmo período do ano passado, quando foram vendidos 600 mil desses carros.

Fonte: reuters.com

Xin Guobin, vice-chefe do Ministério da Indústria e Tecnologia da Informação da China, fez uma declaração em uma conferência do setor em Tianjin. O evento foi organizado pelo Centro de Tecnologia e Pesquisa Automotiva da China. Novos veículos de energia (NEVs) incluem veículos elétricos, híbridos plug-in e veículos de célula de combustível de hidrogênio.

Fabricantes de carros verdes como a Nio e a Tesla estão expandindo a capacidade de fabricação na China, ajudados pelo avanço do governo no transporte verde, que vê a redução das emissões como uma prioridade.

O Sr. Xin também observou que as vendas totais de automóveis de janeiro a agosto devem ultrapassar 16 milhões, um aumento de cerca de 10 por cento em relação ao mesmo período em 2020. O responsável garantiu que o governo chinês continuará a apoiar a construção das instalações de produção associadas à NEV, e irá estimular ainda mais o fornecimento dos recursos necessários, incluindo cobalto, lítio e níquel. Ao mesmo tempo, concluiu o vice-ministro, as montadoras devem prestar mais atenção às questões de proteção de dados e privacidade do cliente.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *