A GM investiu US $ 300 milhões na startup chinesa Momenta, envolvida no desenvolvimento de sistemas não tripulados

A General Motors anunciou sua intenção de investir US $ 300 milhões em uma startup que desenvolve sistemas de direção autônomos – a empresa chinesa Momenta. A montadora americana espera que o novo investimento ajude a criar sistemas de piloto automático para seus futuros modelos para o mercado chinês.

Reuters.com

A Momenta é uma das poucas empresas licenciadas para criar mapas de alta resolução na RPC. Ao mesmo tempo, a disponibilidade de tais mapas é uma ferramenta fundamental para a criação de um sistema de direção autônomo eficaz. O arranque também é apoiado pela SAIC Motor, o principal parceiro chinês da General Motors, bem como pela Toyota Motor e Daimler AG.

«Os clientes na China estão adotando tecnologias de eletrificação e direção autônoma avançada com mais rapidez do que em qualquer outro lugar do mundo, e o acordo entre a GM e a Momenta acelerará a implementação de soluções de próxima geração otimizadas para nossos clientes na China ”, disse Julian Blissett, chefe das divisões da China da GM.

Em junho, a montadora americana anunciou que gastaria US $ 35 bilhões até 2025 em veículos elétricos e tecnologias de direção autônoma em todo o mundo. No início deste mês, a empresa já investiu na desenvolvedora americana de software para sensores de radar usados ​​em carros autônomos, a Oculii.

Outras montadoras também estão estabelecendo contatos com parceiros chineses na nova área. A Toyota está testando veículos com sistemas Pony.ai, Nissan Motor está trabalhando com WeRide e Honda está trabalhando com AutoX.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *