A Concern Stellantis comprou uma participação na fabricante chinesa de veículos elétricos Leapmotor

Na quinta-feira, tornaram-se públicas as informações do pedido oficial da montadora internacional Stellantis para aquisição de uma participação de 21,2% na fabricante chinesa de veículos elétricos Zheijang Leapmotor Technologies. O investidor estrangeiro vai gastar 1,1 mil milhões de dólares neste negócio, recebendo em troca dois lugares no conselho de administração do parceiro chinês, e também criará com ele uma joint venture para vender veículos elétricos da marca Leapmotor fora da China.

Fonte da imagem: Leapmotor

Este é o segundo acordo nos últimos três meses entre fabricantes chineses de veículos eléctricos e empresas ocidentais com uma história rica. Em julho, a montadora Volkswagen concordou em comprar cerca de 5% das ações da startup chinesa XPeng por US$ 700 milhões, esta última ajudará a veterana do mercado europeu a lançar dois novos modelos de veículos elétricos para o mercado chinês, que é o maior do mundo e muito competitivo. Os gigantes automóveis menos ágeis estão a perder terreno no mercado chinês, perdendo tanto na concorrência de preços como na qualidade de adaptação dos seus modelos aos gostos dos clientes locais. A Tesla ainda resiste devido à sua política de preços agressiva, mas este ano foi forçada a lançar uma versão reestilizada do Modelo 3, que copia muitas soluções de design de interiores de seus rivais chineses.

A Stellantis encerrou sua única operação de Jeep na China no ano passado e anunciou na semana passada sua decisão de vender todos os seus ativos de produção no país ao parceiro de produção Dongfeng Motor Group. Uma aliança com o jovem fabricante chinês Leapmotor, segundo Carlos Tavares, presidente da Stellantis, permitirá à preocupação “fechar lacunas no seu próprio modelo de negócio”. Acrescentemos que a Leapmotor está na 36ª posição no ranking dos fabricantes chineses de veículos eléctricos, e para ela o negócio com a Stellantis será uma boa oportunidade de entrada no mercado externo. Mas a gama da Leapmotor também inclui carros eléctricos compactos que custam 8.185 dólares, o que certamente atrairia os clientes europeus da Stellantis, mantendo ao mesmo tempo uma política de preços razoável.

Além disso, ao investir no capital de um parceiro chinês, a Stellantis terá acesso a fornecedores locais de materiais e componentes, o que no futuro permitirá à gigante automóvel produzir na China veículos eléctricos que são exportados para a Europa, sob marcas que são mais familiares ao público local.

avalanche

Postagens recentes

Valve apresentou oficialmente o SteamVR 2.0

Valve, desenvolvedora líder na área de jogos de computador e criadora da plataforma Steam, apresentou…

3 horas atrás

O Google reforçará a moderação de conteúdo de IA em aplicativos Android a partir de 2024

O Google definirá novos requisitos de moderação de conteúdo para aplicativos Android que usam IA.…

4 horas atrás

O declínio da receita da SK hynix desacelerou para 17% no último trimestre

A empresa sul-coreana SK hynix, um dos três maiores fabricantes de memória, publicou seu relatório…

5 horas atrás

IOS 17.1 lançado: AirDrop pela Internet, favoritos no Apple Music e correção de telas queimadas do iPhone 15

A Apple lançou a versão de lançamento do sistema operacional iOS 17.1. A atualização está…

10 horas atrás

“Mostre-me o horror”: Alan Wake II recebeu um trailer de lançamento intenso e jogabilidade com um monstro assustador

Como prometido, o trailer de lançamento do terror psicológico Alan Wake II da Remedy Entertainment…

11 horas atrás