O preço do bitcoin caiu acentuadamente após a divulgação do relatório de inflação dos EUA. O preço do token caiu abaixo de US$ 30.000, de acordo com dados da Coindesk.

Fonte: Coindesk

Após a queda, a criptomoeda perdeu cerca de 5% de seu valor, mas se recuperou em poucos minutos. No momento, seu preço caiu para US$ 29,1 mil por unidade, o menor desde julho de 2021. No momento da redação da notícia, o token quase completamente recuperou a queda, retornando ao nível de US$ 31,3 mil.

Provavelmente, a queda no curto prazo deveu-se à publicação do relatório de inflação dos EUA. Segundo o Financial Times, os números ficaram aquém das expectativas dos analistas. Especialistas previram seu declínio de 8,5 para 8,1%, mas o número parou em 8,3%.

Um dia antes, a CNBC, citando a Glassnode, informou que, devido à queda contínua do bitcoin, 40% dos compradores de criptomoedas entraram no vermelho. Seu investimento caiu abaixo do nível de compra. Quantos deles registraram perdas não é especificado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.