A gigante sul-coreana Samsung Electronics é uma das duas maiores fornecedoras de componentes semicondutores do mundo, por isso o mercado acompanha de perto suas demonstrações financeiras mesmo quando os dados oficiais são mínimos. Nesta semana, a Samsung registrou uma queda de 22% na receita, enquanto o lucro operacional da empresa no segundo trimestre caiu 96%, para o nível mais baixo desde 2009.

Fonte da imagem: Samsung Electronics

A declaração oficial da Samsung limitou-se a esses dois parâmetros, portanto, todas as discussões adicionais sobre essas informações foram reduzidas a comparar os valores reais com as previsões soadas anteriormente e formar previsões para o futuro próximo. O relatório trimestral completo que a Samsung publicará no final deste mês. Como explica a Bloomberg, os preços da memória estão caindo há mais de um ano, então não é surpresa que o lucro operacional da Samsung tenha caído 96%, para US$ 458 milhões no último trimestre, o nível mais baixo desde 2009. Isso ainda ficou acima das expectativas do mercado, mas o preço das ações da Samsung caiu 2% no início da manhã em Seul.

A receita da empresa no segundo trimestre caiu mais do que o esperado, caindo 22%, para US$ 46 bilhões.Agora, a grande questão antes do relatório trimestral completo é quanta perda a Samsung sofreu no negócio de chips de memória. No primeiro trimestre, chegaram a US$ 3,5 bilhões, mas agora os analistas têm esperança de que a demanda por memória no segundo trimestre comece a se recuperar, pelo menos no segmento de produtos mais caros, como componentes de servidor e chips HBM, que estão em demanda por aceleradores de sistemas de inteligência artificial. Em segundo lugar, os preços da memória não caíram tanto quanto o esperado. Os analistas prevêem que a Samsung não limitará o investimento na expansão futura da produção de memória, o que permitirá à empresa fortalecer sua posição no mercado até 2025.

Segundo analistas da CLSA citados pela Bloomberg, o último trimestre foi caracterizado pela obtenção de um mínimo local de lucro operacional para a Samsung. Ele se recuperará acentuadamente na segunda metade do ano, à medida que o declínio nos preços da memória diminuir e a demanda aumentar. No segmento de semicondutores, de acordo com o Goldman Sachs, as perdas da Samsung atingiram o pico no primeiro trimestre de 2023. Espera-se que a empresa seja capaz de retornar à lucratividade nessa área no quarto trimestre. A TrendForce espera que os preços dos chips DRAM caiam entre 0% e 5% neste trimestre e, no cenário de uma queda de 18% no segundo trimestre, isso deve ser uma melhoria. O boom dos sistemas de inteligência artificial deve aumentar a demanda por chips de RAM DDR5. Segundo Goldman Sachs, um servidor centrado em IA requer, em média, quatro a seis vezes mais memória do que um servidor padrão. Essa tendência deve sustentar o mercado de memória já no semestre atual.

avalanche

Postagens recentes

A Apple apresentou as primeiras versões beta públicas do iOS 18 e iPadOS 18

A Apple lançou uma versão beta de seu novo sistema operacional para iPhone, iPad, Mac,…

25 minutos atrás

Apple iOS 18 apresenta um recurso que restaura fotos perdidas ou danificadas

A Apple introduziu um novo recurso no iOS 18 que ajudará os usuários a recuperar…

2 horas atrás

O aplicativo Google Vids será capaz de criar apresentações de vídeo rapidamente usando Gemini AI

O Google está lançando um novo aplicativo chamado Vids para criar apresentações de vídeo usando…

4 horas atrás

Elon Musk confirmou o adiamento da apresentação do robotáxi para outubro

O CEO da Tesla, Elon Musk, confirmou na segunda-feira que a empresa precisa de mais…

4 horas atrás