Cerca de 90% da RAM produzida no mundo é hoje fornecida por três empresas, duas das quais (Samsung e SK hynix) são da Coreia do Sul, e a terceira é americana – Micron Technology. Ao mesmo tempo, a participação dos EUA no mercado global de memória mal chega a 2%, mas em 20 anos a administração da Micron espera aumentar esse número para 15%.

Fonte da imagem: Micron Technology

O CEO da Micron Technology, Sanjay Mehrotra, falou sobre isso em uma entrevista à CNBC. Segundo ele, no programa de produção da empresa a participação de memória produzida nos Estados Unidos aumentará de 10 para 60%. Para tanto, serão construídos novos empreendimentos nos estados de Idaho e Nova York. No primeiro estado, a produção de memórias no novo empreendimento será estabelecida em 2026, e uma fábrica no estado de Nova York começará a ser construída no final do próximo ano para iniciar a produção de chips de memória até 2027. Esses empreendimentos, segundo representantes da Micron, devem ser grandes para garantir economia de custos na escala de produção. No estado de Nova York, a empresa espera construir quatro empreendimentos em vinte anos, gastando até US$ 100 bilhões com isso. Numa primeira fase, em termos de subsídios, já pode contar com o apoio das autoridades estaduais no valor de 5,5 mil milhões de dólares; também foi apresentado um pedido de subsídios do orçamento federal ao abrigo da chamada “Lei do Chip”. Está previsto gastar US$ 15 bilhões na construção da fábrica em Idaho. Atualmente, a Micron produz seus chips de memória avançados principalmente no Japão e em Taiwan, mas nos próximos anos espera fortalecer o papel dos EUA nesta área.

Durante muito tempo, a Micron não construiu novos empreendimentos, mas realizou sua expansão no mercado por meio da absorção de pequenos fabricantes e seus locais de produção. Em particular, a Micron concluiu 11 transações relacionadas desde 1998. Agora chegou a hora de começar a construir novos empreendimentos, e a atual crise no mercado de memória não incomoda o gerenciamento da Micron Technology. No segmento de smartphones, a necessidade de aumentar a capacidade de memória se manifestará em breve devido ao aumento da carga computacional e ao surgimento de conteúdos mais “pesados” transmitidos pela rede. No segmento de inteligência artificial, a demanda por memórias de alta velocidade como a HBM crescerá. O piloto automático e o desenvolvimento da eletrônica automotiva garantirão a demanda por memória na indústria de transportes.

As instalações da Micron em Nova Iorque, que começarão a ser construídas no próximo ano, consumirão diariamente o equivalente a 25 piscinas olímpicas de água, bem como electricidade suficiente para abastecer 25 mil famílias. Falando sobre as vantagens de construir uma fábrica nos Estados Unidos, a administração da Micron destaca o baixo custo dos recursos energéticos. Ao mesmo tempo, a mão de obra aqui é mais cara, assim como os custos de construção de empreendimentos são mais elevados, mas em termos desses indicadores, outras regiões do planeta estão alcançando os Estados Unidos. A Micron está tentando superar a escassez de pessoal qualificado através da cooperação com universidades americanas. Afinal de contas, a empresa terá de empregar cerca de 50.000 residentes nos EUA, só no Estado de Nova Iorque, durante as próximas décadas, pelo que os programas educacionais específicos devem ser lançados agora. A Micron até patrocina um acampamento de verão temático para adolescentes para estimular o interesse dos jovens na indústria de semicondutores.

avalanche

Postagens recentes

A Intel lançou um driver que suporta Alan Wake II, Ghostrunner 2 e outros novos jogos

A Intel lançou o pacote de driver gráfico Arc & Iris mais recente 31.0.101.4900 beta.…

25 minutos atrás

Testes do “Runet soberano” revelaram problemas com a capacidade de sobrevivência da rede

A última rodada de pesquisas conduzidas por cientistas sobre a estabilidade e segurança do Runet…

39 minutos atrás

TikTok está virando YouTube: rede social testa vídeos de 15 minutos e modo horizontal

Surgiram relatórios online sobre o TikTok testando a capacidade de enviar vídeos de 15 minutos,…

40 minutos atrás

A preparação da “Lei da Inteligência Artificial” na UE foi adiada – queriam aprová-la este ano

Os legisladores europeus não conseguem chegar a acordo sobre mecanismos para regular os modelos básicos…

45 minutos atrás

Nokia apresenta as primeiras soluções de assinatura Wi-Fi 7 da indústria

A Nokia anunciou o que afirma ser o primeiro produto para assinantes Wi-Fi 7 de…

1 hora atrás

O chefe da Microsoft prometeu redobrar esforços para desenvolver e lançar jogos

Ao fechar a aquisição da Activision Blizzard, a Microsoft ganhou o controle de uma parcela…

2 horas atrás