Em 2018, os desenvolvedores da Turtle Rock Studios desligaram os servidores dedicados do shooter assimétrico Evolve, deixando apenas a capacidade de se conectar através de uma rede peer-to-peer, mas este ano também desapareceu. Alguns meses depois, a 2K Games restaurou o acesso ao multiplayer devido a inúmeras solicitações de fãs, após o que o pico online no Steam cresceu mais de dez vezes.

Fonte da imagem: Steam

Considerando que nos últimos anos, a Evolve vem coletando apenas algumas dezenas de usuários simultâneos no Steam (geralmente menos de 50), em meados deste mês, o pico online começou a crescer. No dia 22 de julho, o indicador superou a marca de 100 pessoas, e no último dia chegou a 689. Assim, o atirador voltou ao patamar de 2017-2018. Vale ressaltar que o jogo atualmente não está disponível nas lojas e está disponível apenas para quem conseguiu comprá-lo antes de mudar para o modelo shareware ou baixar a versão Evolve Stage 2.

Fonte da imagem: SteamDB

De acordo com os jornalistas da Ars Technica que conseguiram lançar o Evolve online, a comunidade de fãs no Discord deve ser agradecida pelo retorno do multiplayer. No verão, os fãs reclamaram com a 2K Games sobre a indisponibilidade da única maneira de jogar com os amigos, que requer uma versão antiga chamada Legacy Evolve. A editora ouviu os pedidos e devolveu a capacidade de se conectar através da rede peer-to-peer, assim como o sistema de matchmaking e contêineres com itens cosméticos. Uma mensagem foi postada no Discord informando que o suporte P2P foi restaurado, mas a 2K Games e a Turtle Rock Studios não fizeram nenhum anúncio oficial.

Evolve foi lançado em fevereiro de 2015 para PC, PlayStation 4 e Xbox One. O atirador recebeu críticas mistas devido à falta de conteúdo e ao grande número de complementos pagos. Em julho de 2016, o jogo evoluiu para o free-to-play Evolve Stage 2 com muitas melhorias, trazendo um milhão de novos usuários de PC. Na época, ela acumulou 51.127 jogadores simultâneos no site da Valve, um número que continua sendo seu próprio recorde.

Apesar do sucesso, em outubro de 2016, os autores anunciaram o término dos trabalhos no Evolve, lembrando que essa decisão foi tomada pela editora. Mais tarde, o escritor e designer Matt Colville (Matt Colville) explicou que as falhas acompanharam o jogo durante todo o desenvolvimento – desde desentendimentos com a THQ, que faliu antes do lançamento, sobre o modelo financeiro e terminando com as restrições da 2K Games no lançamento de atualizações.

Em dezembro de 2021, a Slamfire, proprietária da Turtle Rock Studios, anunciou que estava se juntando à chinesa Tencent. Agora o estúdio continua a desenvolver o shooter cooperativo Back 4 Blood.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.