Na seção Imagem da Semana do site do Telescópio Espacial Hubble da NASA/ESA, é apresentada outra imagem de um objeto incomum na vastidão do Universo.

Fonte da imagem: Telescópio Espacial Hubble da NASA/ESA

Desta vez, a estrutura com a designação CGCG 396-2 é capturada. Foi formado como resultado da fusão de galáxias de muitos braços na constelação de Órion a uma distância de aproximadamente 520 milhões de anos-luz de nós.

A imagem foi tirada como parte do projeto Galaxy Zoo, classificando um grande número de galáxias de diferentes tipos. Esta iniciativa envolve o envolvimento de voluntários para determinar se os objetos astronômicos pertencem a uma categoria ou outra. A educação especial não é necessária.

Clique para ampliar

Após uma votação aberta no âmbito do projeto Galaxy Zoo, os objetos mais interessantes foram selecionados para observações posteriores usando o Hubble. Uma delas foi a estrutura CGCG 396-2 mostrada na imagem. A imagem foi tirada usando a Advanced Camera for Surveys (ACS) a bordo do observatório espacial.

Deve-se notar também que na constelação de Orion está a famosa estrela Betelgeuse – uma supergigante vermelha, que em 2020 desbotou acentuadamente e mudou sua forma visível. Em massa, este luminar é cerca de 17 vezes maior que o Sol.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.